sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Poesia Brasileira Contemporânea: conceitos e desconstruções


Poesia Brasileira Contemporânea: conceitos e desconstruções

“Arte pra mim não é produto de mercado. Podem me chamar de romântico. Arte pra mim é missão, vocação e festa.”

(Ariano Suassuna)

            Contam-se as lendas que o Brasil não lê. Há quem questione o futuro de um país em que os leitores desaparecem qual poeira ao galope do tempo. O clamor se torna ainda mais desesperado quando nos detemos a observar, impávidos, o desenvolvimento de novas tecnologias. Notebooks, tablets, iphones, ipeds circulam dominantes pelas mãos de jovens e adultos. Fala-se cada vez mais em livros digitais. Anuncia-se a extinção do livro impresso. Perguntamo-nos, embora emudecidos pelas evidências, sobre o destino das imensas bibliotecas e os mecanismos que serão utilizados para sentir o livro, manuseá-lo, cheirá-lo, saborear aquela leitura, grifar e fazer anotações no rodapé.

            Por sua vez almejamos o renascimento de um Álvares de Azevedo, um Cruz e Souza, um Manoel Bandeira, quem sabe o retorno de Drummond?  Impacta em nós a certeza de um momento caótico para a cultura. Onde estão esses homens e mulheres, de sensibilidade extrema, cuja genialidade apreciamos, degustamos, recriamos nossos dias tingidos de sonhos, de deleite, de imaginação?

            Em meio a esse cenário, aparentemente inóspito, chama-nos à atenção algo improvável: a produção literária no país cresce assustadoramente. Seja no sistema de cooperativas ou apoiados por Academias Literárias (que também germinam com vitalidade), diversos autores – poetas e contistas – têm seus trabalhos publicados em antologias que circulam pelos diferentes Estados do país e abarcam leitores das mais diversas faixas etárias e níveis sociais.

            Se o Brasil não lê, estranhamente ele escreve; e são muitas as produções. O intuito aqui não é avaliar o teor literário dessas criações, mas ressaltar que elas se materializam a cada instante e livros são editados e distribuídos periodicamente. Essas considerações são válidas até mesmo porque quem conhece um pouco de literatura deve saber que muitos nomes reverenciados hoje somente foram reconhecidos após sua morte. Destaque se faz a Thoreau, Tolkien, Rimbaud, Emily Dickinson, entre outros nomes conhecidos, inclusive brasileiros como Lima Barreto e Oswald de Andrade.

            A questão que se faz emergente é, então, identificar os poetas vivos e seus trabalhos. Cada cidade tem pelo menos um poeta, um contista, um trovador...alguém que no enlevo de sua inspiração registra na primeira folha de papel que encontra os burburinhos de sua alma. Essas pessoas, com grandes possibilidades, não são escritores de destaque, não são veiculados pela mídia, não são procurados por editoras. No entanto, são relíquias literárias que se contentam com o fluir sereno de seus versos e, nem sempre, terão obras depositadas para consulta pública em uma biblioteca.

            As bibliotecas, por sua vez, tomaram outras dimensões. Estão nas nuvens. O mundo virtual trouxe possibilidades para que muitos poetas abrissem a gaveta de sua escrivaninha e lançassem seus escritos na internet. Sites, blogs e redes sociais passaram a dar visibilidade poética a uma série de pessoas, mesmo que o único objetivo fosse dar mobilidade às letras antes encarceradas na penumbra.

            Antologias, blogs e redes sociais passaram a (re)criar espaços. E como são muitos os leitores! Como são inúmeros os escritores brasileiros contemporâneos!

            Poderíamos citar centenas, mas nos deteremos a três que consideramos destacados, não apenas pelas técnicas e zelo pela língua portuguesa, mas também pelo estilo. Referenciam-se como poesias contemporâneas. E o que dizer disso? Trata-se de uma poesia em transformação, tem os pólens deste tempo. Não são odes, elegias, idílios ou epitalâmios. São devaneios, beijos adocicados em quem os lê, um torvelinho poético que se agita nas páginas do livro ou da internet.

           

            Por vezes olhar e não enxergar

A verdade que se esconde lá

Desejando que o reflexo fosse inverso

Mas a verdade lá está a te questionar

(Consciência – Flávia Assaife)
 
   Flávia Assaife nasceu em Brasília. É formada em Administração de Empresas, pós-graduada em Gestão de Pessoas, Gestão de Negócios, Gestão do Varejo e Docência Superior. Atualmente reside no Rio de Janeiro, onde ministra aulas em cursos de graduação e pós-graduação. Flávia é autora dos livros “Ouço a Voz do Coração através de um Mergulho Interior”, “Sussurros da Alma”; “Os Viajantes da Lua” e "Segredos do Coração", dentre outros.

Em se tratando da importância do blog para a poesia, podemos citar o Trilha de Luz, desenvolvido por Jonas Sanches e acessado pelo endereço eletrônico (http://trilhasdeluz.blogspot.com.br/). Jonas está presente nas redes sociais e integra várias Academias Literárias. Citemos Cantiga do Vento:
 
E o vento misturou as letras

 fez versos reversos om a intuição,

e o vento assoviou poesia

cantando uma rima de satisfação.
 
            Falar sobre a poesia brasileira contemporânea é romper barreiras, estilos, paradigmas alicerçados pelo tempo. Os versos do poeta passeiam desenhados pela liberdade. Extraem do âmago a essência, das letras se traduzem novas formas de escrever.
 

como o sulco da caligrafia

chegando toda semana. como

o pulôver vermelho

que veste agora (não era

a volta para casa, um consolo, nem

a limusine negra veio buscá-la

de outro poema)

            (Poema ”De Dentro da Caixa Verde”, de Marília Garcia)
 
            Em cada poesia o cheiro brasileiro de Flávia Assaife, Jonas Sanches e Marília Garcia. Contam-se as lendas que o Brasil não lê...talvez esse Brasil precise ser redescoberto, precise de um novo olhar, não simplesmente otimista de que alguém que quer acreditar em algo fantástico, mas o olhar de quem sabe que a literatura está florescendo e merece ser valorizada.

 

CONTOS EMANADOS DE SITUAÇÕES COTIDIANAS

“Os contos e poemas contidos neste blog são obras de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações terá sido mera coincidência”

SABORES DO COMENDADOR

Ator Nacional: Carlos Vereza

Ator Internacional: Michael Carlisle Hall/ Jensen Ackles/ Eric Balfour

Atriz Nacional: Rosamaria Murtinho / Laura Cardoso/Zezé Mota

Atriz Internacional: Anjelica Huston

Cantor Nacional: Martinho da Vila/ Zeca Pagodinho

Cantora Nacional: Leci Brandão/ Maria Bethania/ Beth Carvalho/ Alcione/Dona Ivone Lara/Clementina de Jesus

Música: Samba de Roda

Livro: O Egípcio - Mika Waltaire

Autor: Carlos Castañeda

Filme: Besouro/Cafundó/ A Montanha dos Gorilas

Cor: Vinho e Ocre

Animal: Todos, mas especialmente gatos, jabotis e corujas.

Planta: aloé

Comida preferida: sashimi

Bebida: suco de graviola/cerveja

Mania: (várias) não passo embaixo de escada

O que aprecio nas pessoas: pontualidade, responsabilidade e organização

O que não gosto nas pessoas: pessoas indiscretas e que não cumprem seus compromissos.

Alimento que não gosta: coco, canjica, arroz doce, melão, melancia, jaca, caqui.

UM POUCO DO COMENDADOR.


Formado em Matemática e Pedagogica. Especialista em Supervisão Escolar. Especialista em Psicologia Multifocal. Mestre em Educação. Doutor Honoris Causa pela ABD e Instituto VAEBRASIL.

Comenda Rio de Janeiro pela Febacla. Comenda Rubem Braga pela Academia Marataizense de Letras (ES). Comenda Castro Alves (BA). Comendador pela ESCBRAS. Comenda Nelson Mandela pelo CONINTER e OFHM.

Cadeira 023, da Área de Letras, Membro Titular do Colegiado Acadêmico do Clube dos Escritores de Piracicaba, patronesse Juliana Dedini Ometto. Membro efetivo da Academia Virtual Brasileira de Letras. Membro da Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias. Membro da Literarte - Associação Internacional de Escritores e Acadêmicos. Membro da União Brasileira de Escritores. Membro da Academia de Letras e Artes de Fortaleza (ALAF). Membro da Academia de Letras de Goiás Velho (ALG). Membro da Academia de Letras de Teófilo Ottoni (Minas Gerais). Membro da Academia de Letras de Cabo Frio (ARTPOP). Membro da Academia de Letras do Brasil - Seccional Suíça. Membro da Academia dos Cavaleiros de Cristóvão Colombo. Embaixador pela Académie Française des Arts Lettres et Culture. Membro da Academia de Letras e Artes Buziana. Cadeira de Grande Honra n. 15 - Patrono Pedro I pela Febacla. Membro da Academia de Ciências, Letras e Artes de Iguaba Grande (RJ). Cadeira n.º 2- ALB Araraquara.

Moção de Aplausos pela Câmara Municipal de Taquaritinga pelos serviços em prol da Educação. Moção de Aplausos pela Câmara Municipal de Bebedouro por serviços prestados à Educação Profissional no município. Homenagem pela APEOESP, pelos serviços prestados à Educação. Título de Cidadão Bebedourense. Personalidade 2010 (Top of Mind - O Jornal- Bebedouro). Personalidade Mais Influente e Educador 2011(Top of Mind - O Jornal- Bebedouro). Personalidade 2012 (ARTPOP). Medalha Lítero-Cultural Euclides da Cunha (ALB-Suíça). Embaixador da Paz pelo Instituto VAEBRASIL.

Atuou como Colunista do Diário de Taquaritinga e Jornal "Quatro Páginas" - Bebedouro/SP.
É Colunista do Portal Educação (http://www.portaleducacao.com.br

Premiações Literárias: 1º Classificado na IV Seletiva de Poesias, Contos e Crônicas de Barra Bonita – SP, agosto/2005, Clube Amigo das Letras – poema “A benção”, Menção Honrosa no XVI Concurso Nacional de Poesia “Acadêmico Mário Marinho” – Academia de Letras de Paranapuã, novembro/2005 – poema “Perfeita”, 2º colocado no Prêmio FEUC (Fundação Educacional Unificada Campograndense) de Literatura – dezembro/2005 – conto “A benção”, Menção Especial no Projeto Versos no Varal – Rio de Janeiro – abril/2006 – poema “Invernal”, 1º lugar no V Concurso de Poesias de Igaraçu do Tietê – maio/2006 – poema “Perfeita”, 3º Menção Honrosa no VIII Concurso Nacional de Poesias do Clube de Escritores de Piracicaba – setembro/2006 – poema “Perfeita”, 4º lugar no Concurso Literário de Bebedouro – dezembro/2006 –poema “Tropeiros”, Menção Honrosa no I concurso de Poesias sobre Cooperativismo – Bebedouro – outubro/2007, 1º lugar no VI Concurso de Poesias de Guaratinguetá – julho/2010 – poema “Promessa”, Prêmio Especial no XII Concurso Nacional de Poesias do Clube de Escritores de Piracicaba, outubro/2010, poema “Veludo”, Menção Honrosa no 2º Concurso Literário Internacional Planície Costeira – dezembro/2010, poema “Flor de Cera”, 1º lugar no IV Concurso de Poesias da Costa da Mata Atlântica – dezembro/2010 – poema “Flor de Cera”. Outorga do Colar de Mérito Literário Haldumont Nobre Ferraz, pelo trabalho Cultural e Literário. Prêmio Literário Cláudio de Souza - Literarte 2012 - Melhor Contista.Prêmio Luso-Brasileiro de Poesia 2012 (Literarte/Editora Mágico de Oz), Melhor Contista 2013 (Prêmio Luso Brasileiro de Contos - Literarte\Editora Mágico de Oz)

Antologias: Agreste Utopia – 2004; Vozes Escritas –Clube Amigos das Letras – 2005; Além das Letras – Clube Amigos das Letras – 2006; A Terra é Azul ! -Antologia Literária Internacional – Roberto de Castro Del`Secchi – 2008; Poetas de Todo Brasil – Volume I – Clube dos Escritores de Piracicaba – 2008; XIII Coletânea Komedi – 2009; Antologia Literária Cidade – Volume II – Abílio Pacheco&Deurilene Sousa -2009; XXI Antologia de Poetas e Escritores do Brasil – Reis de Souza- 2009; Guia de Autores Contemporâneos – Galeria Brasil – Celeiro de Escritores – 2009; Guia de Autores Contemporâneos – Galeria Brasil – Celeiro de Escritores – 2010; Prêmio Valdeck Almeida de Jesus – V Edição 2009, Giz Editorial; Antologia Poesia Contemporânea - 14 Poetas - Celeiro de Escritores, 2010; Contos de Outono - Edição 2011, Autores Contemporâneos, Câmara Brasileira de Jovens Escritores; Entrelinhas Literárias, Scortecci Editora, 2011; Antologia Literária Internacional - Del Secchi - Volume XXI; Cinco Passos Para Tornar-se um Escritor, Org. Izabelle Valladares, ARTPOP, 2011; Nordeste em Verso e Prosa, Org. Edson Marques Brandão, Palmeira dos Indios/Alagoas, 2011; Projeto Delicatta VI - Contos e Crônicas, Editora Delicatta, 2011; Portas para o Além - Coletânea de Contos de Terror -Literarte - 2012; Palavras, Versos, Textos e Contextos: elos de uma corrente que nos une! - Literarte - 2012; Galeria Brasil 2012 - Guia de Autores Contemporâneos, Celeiro de Escritores, Ed. Sucesso; Antologia de Contos e Crônicas - Fronteiras : realidade ou ficção ?, Celeiro de Escritores/Editora Sucesso, 2012; Nossa História, Nossos Autores, Scortecci Editora, 2012. Contos de Hoje, Literacidade, 2012. Antologia Brasileira Diamantes III, Berthier, 2012; Antologia Cidade 10, Literacidade, 2013. I Antologia da ALAB. Raízes: Laços entre Brasil e Angola. Antologia Asas da Liberdade. II Antologia da ACLAV, 2013, Literarte. Amor em Prosa e Versos, Celeiro de Escritores, 2013. Antologia Vingança, Literarte, 2013. Antologia Prêmio Luso Brasileiro - Melhores Contistas 2013. O tempo não apaga, Antologia de Poesia e Prosa - Escritores Contemporâneos - Celeiro de Escritores. Palavras Desavisadas de Tudo - Antologia Scortecci de Poesias, Contos e Crônicas 2013. O Conto Brasileiro Hoje - Volume XXIII, RG Editores. Antologia II - Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro. antologia Escritores Brasileiros, ZMF Editora. O Conto Brasileiro Hoje - Volume XXVI - RG Editores (2014). III Antologia Poética Fazendo Arte em Búzios, Editora Somar (2014). International Antology Crossing of Languages - We are Brazilians/ antologia Internacional Cruce de Idiomas - Nosotros Somos Brasileños - Or. Jô Mendonça Alcoforado - Intercâmbio Cultural (2014). 5ª Antologia Poética da ALAF (2014). Coletânea Letras Atuais, Editora Alternativa (2014). Antologia IV da Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro, Editora Iluminatta (2014). A Poesia Contemporânea no Brasil, da Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro, Editora Iluminatta (2014). Enciclopédia de Artistas Contemporâneos Lusófonos - 8 séculos de Língua Portuguesa, Literarte (2014). Mr. Hyde - Homem Monstro - Org. Ademir Pascale , All Print Editora (2014)

Livros (Solos): “Análise Combinatória e Probabilidade”, Geraldo José Sant’Anna/Cláudio Delfini, Editora Érica, 1996, São Paulo, e “Encantamento”, Editora Costelas Felinas, 2010; "Anhelos de la Juvenitud", Geraldo José Sant´Anna/José Roberto Almeida, Editora Costelas Felinas, 2011; O Vôo da Cotovia, Celeiro de Escritores, 2011, Pai´é - Contos de Muito Antigamente, pela Celeiro de Escritores/Editora Sucesso, 2012, A Caminho do Umbigo, pela Ed. Costelas Felinas, 2013. Metodologia de Ensino e Monitoramento da Aprendizagem em Cursos Técnicos sob a Ótica Multifocal (Editora Scortecci). Tarrafa Pedagógica (Org.), Editora Celeiro de Escritores (2013). Jardim das Almas (romance). Floriza e a Bonequinha Dourada (Infantil) pela Literarte. Planejamento, Gestão e Legislação Escolar pela Editora Erica/Saraiva (2014).

Adquira o seu - clique aqui!

Adquira o seu - clique aqui!
Metodologia e Avaliação da Aprendizagem

Pai´é - Contos de Muito Antigamente

Pai´é - Contos de Muito Antigamente
Contos de Geraldo J. Sant´Anna e fotos de Geraldo Gabriel Bossini

ENCANTAMENTO

ENCANTAMENTO
meus poemas

Análise Combinatória e Probabilidades

Análise Combinatória e Probabilidades
juntamente com o amigo Cláudio Delfini

Anhelos de la Juvenitud

Anhelos de la Juvenitud
Edições Costelas Felinas

A Caminho do Umbigo

A Caminho do Umbigo
Edições Costelas felinas

Voo da Cotovia

Voo da Cotovia
Celeiro de Escritores

Divine Acadèmie Française

Divine Acadèmie Française

Prêmio Luso Brasileiro de Poesia 2012/2013

Prêmio Luso Brasileiro de Poesia 2012/2013
Literarte/Mágico de Oz (Portugal)

Lançamento da Antologia Vozes Escritas

Lançamento da Antologia Vozes Escritas
Noite de autógrafos em Barra Bonita-SP

Antologia Literária Cidade - Volume II

Antologia Literária Cidade - Volume II
Poemas : Ciclone e Ébano

Antologia Eldorado

Antologia Eldorado

Antologia II

Antologia II

Antologia Cidade 10

Antologia Cidade 10
Org. Abílio Pacheco

Antologia da ALAB

Antologia da ALAB

Antologia Poesia Contemporânea - 14 Poetas

Antologia Poesia Contemporânea - 14 Poetas
Lançamento do CELEIRO DE ESCRITORES

Contos de Hoje - Narrativas

Contos de Hoje - Narrativas
Literacidade

O Conto Brasileiro Hoje

O Conto Brasileiro Hoje
RG Editores

4ª Antologia da ALAF

4ª Antologia da ALAF
Academia de Letras e Artes de Fortaleza

Dracúlea II

Dracúlea II
...você já leu ?

Antologia Del´Secchi

Antologia Del´Secchi

Sobrenatural

Sobrenatural
Conto: A Casa do Velho

Diamantes III

Diamantes III
Organização Fídias Teles

Entre em contato com a Editora Erica

Entre em contato com a Editora Erica
Não perca mais tempo, adquira seu exemplar.

Minhas produções

Minhas produções